O CURSO



A proposta pedagógica do curso é a formação de profissionais generalistas, enfatizando a atividade projetual e construtiva, capazes de compreender e traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade, com relação à concepção, à organização e à construção do espaço interior e exterior, abrangendo o urbanismo, a edificação, o paisagismo, bem como a conservação e a valorização do patrimônio construído, a proteção do equilíbrio do ambiente natural e a utilização racional dos recursos disponíveis.


DADOS GERAIS



O curso Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo, pela autonomia universitária, prevista no artigo 28 do Decreto 5773/2006, foi autorizado pela Resolução CONSEPE 001, de 21 de agosto de 2003 e reconhecido pela Portaria nº 224, de 7 de abril de 2014, publicado no Diário Oficial da União, Seção I, de 8 de abril de 2014.

ENADE: 2
CPC: 4
IGC: 4.









Duração

O tempo mínimo de integralização do Curso de Arquitetura e Urbanismo é de 5 anos.

Vagas

São oferecidas 120 vagas anuais, sendo 60 vagas para o diurno e 60 vagas para o noturno.


Conteúdos Curriculares

Os conteúdos curriculares do Curso de Arquitetura e Urbanismo estão distribuídos em dois núcleos: Núcleo de Conhecimentos de Fundamentação e Núcleo de Conhecimentos Profissionais, além do Trabalho de Curso, denominado Trabalho de Graduação Interdisciplinar, e da Viagem Didática.

1-Núcleo de Conhecimentos de Fundamentação:

O Núcleo de Conhecimentos de Fundamentação, com base na DCN, é composto pelas seguintes disciplinas: Desenho Livre; Desenho Arquitetônico; Matéria e Memória; Matéria e Estrutura; Estética e História da Arte; Arquitetura e Sociedade; Arquitetura, Linguagem e Teoria; Meio Ambiente e Relações Étnico-Raciais e História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Além deste conteúdo curricular, a matriz do curso contempla em seus dois primeiros semestres as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática para Arquitetura, que oferecem conteúdos de nivelamento fundamentais para o perfil do ingressante.


2-Núcleo de Conhecimentos Profissionais:

O Núcleo de Conhecimentos Profissionais, com base na DCN, é composto por campos de saber destinados à caracterização da identidade profissional do arquiteto e urbanista e constituído pelas disciplinas: Introdução ao Projeto Arquitetônico; Laboratório de Maquetes; Projeto Arquitetônico I, II, III e IV; Projeto Arquitetônico e Urbanístico I, II, III; Sistemas Estruturais I, II e III; Topografia e Solos; Grafias Automatizadas I e II; Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo I, II, III, IV e V; Configurações do Espaço e do Objeto; Arquitetura e Paisagem; Cidade e Paisagem; Desenho Automatizado I e II; Tecnologia das Construções I, II e III; Laboratório de Tecnologia das Construções I e II; Conforto Ambiental I e II; Laboratório de Conforto Ambiental I e II; Planejamento Urbano e Regional; Instalações Prediais I e II; Planejamento Habitacional; Construção, Planejamento e Gerenciamento; Legislação e Prática Profissionais e Patrimônio Histórico e Técnicas Retrospectivas.


3-Trabalho de Graduação Interdisciplinar - TGI:

O Trabalho de Graduação Interdisciplinar-TGI do curso envolve a integração dos conhecimentos adquiridos pelo aluno ao longo do curso, envolvendo todos os procedimentos de uma investigação técnico-científica. Inicia-se no 8º semestre do curso com a disciplina Pré-Trabalho de Graduação Interdisciplinar, que aborda os procedimentos metodológicos de pesquisa e construção do objeto, passando pelos estudos da temática e do local, a ser desenvolvido pelo aluno.
As disciplinas Trabalho de Graduação Interdisciplinar I e II consistem na orientação individualizada do aluno por uma equipe de orientadores formados pela Comissão de Trabalho de Graduação Interdisciplinar.


4-Viagem Didática:

O curso contempla em sua matriz curricular a disciplina Viagem Didática para o conhecimento de obras arquitetônicas, de conjuntos históricos, de exemplares de cidades e regiões mais significativos localizados em território nacional. Nesta disciplina a seleção se relaciona a regiões que contemplem uma capital ou centro regional representativo e sua região próxima. A viagem é organizada pelos professores responsáveis em conjunto com os alunos e a instituição fornece uma ajuda de custo para o transporte e diárias dos professores. Esta disciplina possibilita ao aluno vivenciar o conteúdo didático pedagógico ministrado no curso e tem como objetivo alimentar o interesse ao conhecimento da paisagem construída e natural relacionando-a com seu contexto social, político, econômico e cultural presente.