O CURSO

Dados Gerais

a) Tipo: Bacharelado em Psicologia
b) Modalidade: Presencial
c) Local da Oferta: Rua Miguel Petroni, 5111, São Carlos/SP
d) Carga Horária Total do Curso em horas de 60 minutos: 4113 horas
e) Turno Diurno: 60 vagas por ano

Tempo mínimo para integralização: 10 semestres
Tempo máximo para integralização: 20 semestres

e) Turno Noturno: 60 vagas por ano

Tempo mínimo para integralização: 10 semestres
Tempo máximo para integralização: 20 semestres

g) Número total de vagas: 120 vagas por ano


Dados Legais

Ato de Autorização
Portaria nº 1106, de 19/12/2008, Publicado no D.O.U nº 248, Seção 1, p. 19, em 22/12/2008.

Renovação de Reconhecimento
Portaria nº 265 de 03/04/2017, Publicado no D.O.U nº 65, Seção I, p página 45, em 04/04/2017.


OBJETIVOS DO CURSO



a) Objetivo Geral

Formar profissional com as competências e habilidades requeridas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais, 2011, para atuar em diferentes contextos das áreas de saúde e educação, dentro dos mais altos padrões da ética e bioética, evidenciando seu compromisso com a prática profissional fundamentada na avaliação, sistematização e adoção da conduta mais adequada, de acordo com evidências científicas;


b) Objetivos Específicos

• Garantir a formação em Psicologia comprometida com a realidade locorregional;
• Garantir a compreensão dos múltiplos referenciais que buscam apreender a amplitude do fenômeno psicológico em suas interfaces com os fenômenos biológicos e sociais;
• Possibilitar a compreensão crítica dos fenômenos sociais, econômicos, culturais e políticos do País, fundamentais ao exercício da cidadania e da profissão;
• Formar profissionais capazes de atuar junto aos programas que efetivam as políticas públicas em vigor no país;
• Garantir a formação interdisciplinar, no domínio acadêmico, e interprofissional, nas práticas sociais.
• Estimular a produção e divulgação de conhecimentos científicos que permitam o aprimoramento da Psicologia e das práticas profissionais;
• Integração das atividades de ensino e de extensão considerando as necessidades sociais e os direitos humanos, tendo em vista a promoção da qualidade de vida dos indivíduos, grupos, organizações e comunidades;


COORDENAÇÃO



a) Nome: Edna Aparecida Cursino Silveira
b) Titulação: Mestre
c) Email: eacursino@gmail.com
d) Telefone de contato: 16-33622111 ramal 2185


MERCADO DE TRABALHO



a) Áreas de Atuação

O curso Bacharelado em Psicologia, oferecido pelo UNICEP, habilita o profissional a atuar nas seguintes áreas descritas na Resolução 13/2007 do Conselho Federal de Psicologia.

  • Psicologia Escolar/Educacional

  • Psicologia Organizacional e do Trabalho

  • Psicologia Jurídica

  • Psicologia Clínica

  • Psicologia Hospitalar

  • Psicologia Social


b) Opções de Empregabilidade

  • Psicologia Escolar/Educacional
    Atuar no âmbito da educação formal intervindo junto a todos os segmentos do sistema educacional que participam do processo de ensino- aprendizagem. Participar de programas de Orientação Profissional. Analisar as características do indivíduo com deficiência para orientar a aplicação de programas de inclusão.


  • Psicologia Jurídica
    Atuar como perito judicial nas Varas Cíveis, Criminais, Justiça do Trabalho, da Família, da Criança e do Adolescente, elaborando laudos, pareceres e perícias, para serem anexados aos processos. Atuar em pesquisas e programas sócio-educativos e de prevenção à violência.


  • Psicologia Organizacional e do Trabalho
    Atuar em atividades relacionadas à análise e desenvolvimento organizacional; ação humana nas organizações; desenvolvimento de equipes; consultoria organizacional; seleção, acompanhamento e desenvolvimento de pessoal; estudo e planejamento de condições de trabalho; estudo e intervenção dirigidos à saúde do trabalhador.


  • Psicologia Clínica
    Atendimentos terapêuticos, em diversas modalidades: individual, de casal, familiar ou em grupo. Atuar junto a equipes multiprofissionais, no atendimento de demandas diversas apresentadas por usuários de unidades básicas de saúde, ambulatórios e hospitais. Atuar em equipes multiprofissionais locadas em instituições de saúde mental, como hospitais-dia, unidades psiquiátricas, e outros. Participar da elaboração, coordenação, implementação e supervisão de políticas de saúde mental, para garantir a qualidade da atenção à saúde mental em nível de macro e microsistema.


  • Psicologia Hospitalar
    Atuar em instituições de saúde, participando da prestação de serviços de nível secundário ou terciário da atenção à saúde. Atuar também em instituições de ensino superior e/ou centros de estudo e de pesquisa.


  • Psicologia Social
    Desenvolver atividades em diferentes espaços institucionais e comunitários, no âmbito da Saúde, Educação, trabalho, lazer, meio ambiente, comunicação social, justiça, segurança e assistência social. Realizar estudo, pesquisa e supervisão sobre temas pertinentes à relação do indivíduo com a sociedade, com o intuito de promover a problematização e a construção de proposições que qualifiquem o trabalho e a formação no campo da Psicologia Social.



COMPETÊNCIAS E HABILIDADES



As Diretrizes Curriculares para Cursos de Graduação em Psicologia apontam como competências básicas do Psicólogo:

  • Analisar o campo de atuação do PSICÓLOGO e seus desafios contemporâneos;

  • Analisar o contexto em que atua profissionalmente em suas dimensões institucional e organizacional, explicitando a dinâmica das interações entre os seus agentes sociais;

  • Identificar e analisar necessidades de natureza psicológica, diagnosticar, elaborar projetos, planejar e agir de forma coerente com referenciais teóricos e características da população–alvo;

  • Identificar, definir, formular e justificar questões de investigação científica no campo da Psciologia, vinculando-as a decisões metodológicas quanto à escolha, coleta e análise de dados em projetos de pesquisa;

  • Escolher e utilizar instrumentos de coleta de dados em PSICOLOGIA, tendo em vista a sua pertinência;

  • Avaliar problemas humanos de ordem cognitiva, comportamental e afetiva, em diferentes contextos;

  • Realizar diagnóstico e avaliação de processos psicológicos de indivíduos, de grupos e de organizações;

  • Coordenar e manejar processos grupais, considerando as diferenças de formação e de valores dos seus membros;

  • Atuar inter e multiprofissionalmente, sempre que a compreensão dos processos e fenômenos envolvidos assim o recomendar;

  • Relacionar-se com o outro de modo a propiciar o desenvolvimento de vínculos interpessoais, requeridos na sua atuação profissional;

  • Atuar profissionalmente em diferentes níveis de intervenção de caráter preventivo ou terapêutico, considerando as características das situações e dos problemas específicos com os quais se depara;

  • Realizar orientação, aconselhamento psicológico e psicoterapia;

  • Elaborar relatos científicos, pareceres técnicos, laudos e outras comunicações profissionais, inclusive materiais de divulgação;

  • Apresentar trabalhos e discutir idéias em público;

  • Saber buscar e usar o conhecimento científico necessário à atuação profissional, assim como gerar conhecimento a partir da prática profissional.


Estas competências, básicas, apoiam-se no desenvolvimento das habilidades de:

  • Levantar informação bibliográfica em indexadores, periódicos, livros, manuais técnicos e outras fontes especializadas através de meios convencionais e eletrônicos;

  • Ler e interpretar comunicações científicas e relatórios técnicos na área da PSICOLOGIA;

  • Utilizar o método experimental, de observação e outros métodos de investigação científica;

  • Planejar e realizar várias formas de entrevistas com diferentes finalidades e em diferentes contextos;

  • Analisar, descrever, e interpretar relações entre contextos e processos psicológicos e comportamentais;

  • Descrever, analisar e interpretar manifestações verbais e corporais como fontes primárias de acesso a estados subjetivos;

  • Utilizar os recursos da matemática, da estatística e da informática para a análise e apresentação de dados e para a preparação das atividades profissionais em PSICOLOGIA.



CONTEÚDO CURRICULAR



Para alcançar seu objetivo de formar Psicólogos que possam atuar em diversos contextos nos quais se desenvolvam processos de promoção de saúde e cidadania e nos quais se busque através de processos educativos garantir às pessoas o exercício da cidadania, através da atuação sustentada pelo desenvolvimento das habilidades e competências requeridas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais (Resolução CNE/CES, 5/2011), o curso de Psicologia da UNICEP implementou conteúdos curriculares que garantem uma formação básica, pluralista e sólida. Esta formação é concretizada através da oferta de atividades comprometidas com a análise de diferentes sistemas psicológicos, em termos da concepção de homem que sustenta seus principais conceitos, instrumentos de estudo, investigação e intervenção, possibilitando a reflexão da ampla gama de questões científicas e sociais que envolvem a atuação do psicólogo.

Considerando as mudanças ocorridas, nas duas últimas décadas, os conteúdos curriculares contemplam práticas emergentes e discutem a atuação clínica em novos contextos; a ampliação do campo de atuação da psicologia da saúde; a mudança do foco sobre os problemas de aprendizagem para a atuação visando à melhoria das condições de ensino e do ambiente escolar, e a atuação na área organizacional incorporando aos processos de recrutamento e seleção, a questão da saúde do trabalhador.

Os conteúdos curriculares habilitam o aluno a enfrentar com seriedade e competência uma diversidade de desafios, ao evidenciar para o aluno a importância da formação e atuação interdisciplinar. A integração teoria-prática se dá através do envolvimento ativo do aluno com problemas vivenciados pela população e para os quais os referenciais teóricos da psicologia podem contribuir, através da análise contextualizada dos mesmos e do desenvolvimento de intervenções, através tanto de atividades práticas das disciplinas quanto dos estágios supervisionados básicos e profissionalizantes. Os conteúdos do Núcleo Comum estão sequenciados, integrando verticalmente conteúdos de processos psicológicos básicos dos mais simples aos mais complexos. No início do curso são oferecidos conteúdos relacionados aos Fundamentos epistemológicos e históricos, teórico-metodológicos e de interfaces com campos afins do conhecimento. A partir do 4º semestre as disciplinas abordam conteúdos relacionados aos Procedimentos para a investigação científica e a prática profissional, além de Práticas profissionais.

As disciplinas do Núcleo Comum estão integradas com as disciplinas do Núcleo Específico de forma a ampliar a percepção do aluno quanto à diversidade de aspectos presentes no contexto físico, social e cultural no qual o indivíduo está inserido, enriquecendo sua formação, tanto acadêmica quanto prática. O Núcleo Específico compreende os conteúdos e habilidades de formação específica do profissional psicólogo e das ênfases, e engloba um conjunto de disciplinas relacionadas às atividades de Psicodiagnóstico, de atuação na área organizacional, e de atuação em contextos das áreas da saúde e educação. O conteúdo programático das disciplinas foi definido visando oferecer a fundamentação teórica e prática para atuação nos estágios específicos, que, além de ampliar o leque de possibilidades de atuação em diferentes contextos de saúde e/ou educação, enriqueça a mesma.

Disciplinas optativas ligadas aos diferentes contextos de atuação nas áreas de saúde e educação são oferecidas para o aprofundamento dos conteúdos e das práticas específicas.


ESTRUTURA CURRICULAR



A Estrutura curricular do Curso de Psicologia, em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais (Resolução CNE/CES, 5/2011), engloba um Núcleo Comum à formação no País, e um Núcleo Específico que é o conjunto de atividades que possibilitará ao aluno o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias para atuar nos contextos de saúde ou educação, áreas definidas como ênfases do curso. As disciplinas do núcleo básico e especifico totalizam carga horária de 3.300 horas, e estão integradas de forma a evidenciar para o aluno a importância da compreensão da atividade humana em suas interfaces com os fenômenos físicos, biológicos, sociais e culturais, ou seja, a importância de uma formação interdisciplinar e da atuação em equipe inter e multidisciplinar.

A interdisciplinaridade está contemplada na oferta de disciplinas e estágios que buscam integrar os conteúdos de áreas afins e as diferentes formas de atuação inter e multidisciplinar. Os estágios supervisionados programados para os níveis básico e específico, com carga horária respectiva de 240 horas e 480 horas, visam à inserção do graduando em diferentes contextos institucionais e sociais das áreas da saúde e educação. A integração teoria-prática se dá através das atividades desenvolvidas nos estágios supervisionados e discutidas tanto nas supervisões dos mesmos quanto nos seminários de Tópicos Básicos em Psicologia IV, V e VI e Tópicos Avançados em Psicologia I, II, III e IV.

A estrutura curricular contempla, também, o cumprimento de 133 horas de Atividades Complementares, as quais tem possibilitado aos alunos vivenciarem experiências de ensino, pesquisa e extensão que permitem a flexibilização do currículo e o enriquecimento de sua formação acadêmico-profissional. As atividades de pesquisa são realizadas como atividades práticas de diversas disciplinas, não se restringindo às disciplinas de fundamentos metodológicos, trabalho de Conclusão de Curso I e II e aos programas de iniciação cientifica.


MATRIZ CURRICULAR



A Matriz Curricular do Curso de Graduação Bacharelado em Psicologia segue as Diretrizes Curriculares do Curso (DCN), baseada na Resolução CNE/CES nº 5, de 15 de Março de 2011, que institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Psicologia. O gráfico 1 mostra o perfil de formação.


Os percentuais dos componentes da Matriz curricular estão representados na Figura 1.



PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO



As Diretrizes Curriculares Nacionais determinam que definidas as ênfases do Curso de Psicologia seja definido um subconjunto de competências e habilidades, dentre aquelas que integram o domínio das competências gerais do psicólogo, como escopo de cada ênfase.

Deste modo, o aluno que optar pela ênfase Psicologia e Processos de Promoção de Saúde e Cidadania estará capacitado para:

  • Efetuar diagnóstico psicológico;

  • Prescrever e realizar psicoterapias em diferentes abordagens;

  • Realizar atendimento familiar para orientação ou acompanhamento psicológico;

  • Participar da elaboração de programas de prevenção e promoção da saúde em instituições que prestam atendimento às: crianças e/ou adolescentes, mulheres vitimas de violência doméstica, pessoas na terceira idade;

  • Participar da elaboração de programas de atendimento em Saúde mental em Centros de Atendimento Psicossocial e Centros de Atendimento Psicossocial em Drogadicção.

  • Colaborar em equipe multiprofissional no planejamento das políticas de saúde;

  • Atuar e/ou participar da elaboração de propostas de intervenção em equipe multiprofissional junto aos Programas desenvolvidos por instituições de saúde, tais com Unidades básicas de saúde, ambulatórios de especialidades e hospitais gerais;

  • Elaborar programas e atividades na área de segurança do trabalho bem como programas educacionais, culturais, recreativos e de saúde mental, visando assegurar a preservação da saúde do trabalhador;

  • Participar no desenvolvimento de ações destinadas a aperfeiçoar relações e condições de trabalho, no sentido da maior produtividade e realização pessoal de indivíduos e grupos, ergonomia e assessoramento para formulação e implementação da política de recursos humanos;

  • Atuar em programas que visem à redução da vulnerabilidade social de crianças e jovens, organizando atividades educativas, sociais e recreativas em centros comunitários;

  • Participar de programas visando à melhoria do meio ambiente físico e social, dos equipamentos sociais existentes na comunidade;

  • Realizar pesquisas visando à construção e ampliação do conhecimento teórico e aplicado, na área das ações da PSICOLOGIA no campo da saúde.



O aluno que optar pela ênfase Psicologia e Processos Educativos na Promoção da Cidadania estará apto a:

  • Atuar junto à educação formal e informal, participando da elaboração de planos referentes ao sistema educacional;

  • Colaborar com os educadores, fornecendo-lhes conhecimentos de PSICOLOGIA, úteis na consecução crítica e reflexiva de seus papéis;

  • Desenvolver trabalhos com educadores, pais e alunos, buscando explicitar e superar entraves institucionais ao funcionamento produtivo das equipes e ao crescimento individual de seus integrantes;

  • Elaborar e executar procedimentos destinados ao conhecimento da relação professor/aluno, em situações escolares específicas, visando implementar metodologia de ensino que favoreça a aprendizagem e o desenvolvimento;

  • Atuar em programas do sistema sócio-educativo destinados ao acompanhamento de adolescentes e familiares no cumprimento das medidas sócio-educativas determinadas pelo Poder Judiciário, desenvolvendo ações que previnam a reincidência na prática do ato infracional;

  • Atuar em programas de orientação profissional para diferentes faixas etárias, oferecendo desde orientações para a escolha da profissão até acompanhamento para o re-direcionamento profissional;

  • Atuar em programas que visem à prevenção da violência e o envolvimento infracional de crianças e jovens, organizando e supervisionando atividades educativas, sociais e recreativas em centros comunitários;

  • Participar de programas visando à melhoria do meio ambiente físico e social, dos equipamentos sociais que atendem a comunidade em atividades relacionadas a processos educativos;

  • Participar da elaboração de programas que visem à melhoria de relacionamento entre diferentes grupos étnicos, religiosos, classes e segmentos sociais e culturais;

  • Realizar pesquisas visando à construção e ampliação do conhecimento teórico e aplicado, no âmbito da educação.



LABORATÓRIOS



• Laboratório de Psicologia Experimental

Neste laboratório são executados experimentos, com ratos da raça wistar, para demonstrar conceitos da análise experimental do comportamento, tais como: reforço, aquisição e extinção do comportamento. Em prédio anexo fica o Biotério, onde são mantidos os animais utilizados nos experimentos. O laboratório está disponível para agendamento de segunda à sexta-feira, nos horários das 08h às 12h e das 14h ás 18h, e aos sábados das 08h às 12h. O agendamento deve ser efetuado junto ao técnico do laboratório. No Laboratório são adotados os padrões éticos para fins científicos e didáticos definidos pelo Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal – CONCEA


• Laboratório de Dinâmica de Grupos

Localizado no bloco B2, sala 2, o Laboratório de Dinâmicas de Grupo é utilizado para atividades grupais desenvolvidas nas disciplinas de Metodologia Cientifica, Dinâmica de Grupo, Orientação Profissional e em intervenções grupais realizadas em estágios obrigatórios supervisionados. Para utilização do laboratório os alunos ou o docente responsável pelas atividades devem agendar os horários junto às estagiárias do Serviço Escola de Psicologia-UNICEP.


• Serviço Escola de Psicologia-UNICEP

No Serviço Escola de Psicologia são planejadas e organizadas as atividades de estágios supervisionados, nas áreas de saúde e educação. A Profa Me Edilaine Helena Scabello é a profissional que responde junto ao Conselho Regional de Psicologia como responsável técnica pelo Serviço.

Os estágios supervisionados são realizados em instituições existentes na Comunidade de São Carlos e Região tendo em vista as concepções teóricas e metodológicas do curso. Em atendimento à demanda por atendimentos clínicos são desenvolvidos atendimentos psicológicos individuais ou grupais, para todas as faixas etárias, nas abordagens analítica, psicanalítica, cognitiva comportamental e comportamental. As atividades desenvolvidas, pelos alunos, no Serviço Escola de Psicologia são acompanhadas sistematicamente por psicólogos, docentes vinculados à UNICEP. Para se inscrever no Serviço Escola de Psicologia o aluno deve atender aos requisitos descritos no Regulamento de Estágio.

O Serviço Escola de Psicologia funciona das 07h às 19h, de segunda à sexta-feira. O acesso aos serviços prestados pelo Serviço Escola de Psicologia é viabilizado através de busca espontânea do próprio usuário ou mediante o encaminhamento de serviços existentes na comunidade e/ou na UNICEP. O planejamento do espaço do Serviço Escola evidencia a preocupação com a acessibilidade (rampas de acesso e sanitários) e com as condições de anonimato e sigilo, princípios éticos fundamentais ao exercício profissional do psicólogo.


• Biblioteca

A Biblioteca do Campus II, Miguel Petroni, funciona de segunda a sexta-feira das 7 às 22 horas e no sábado das 8 às 17 horas. Oferece aos usuários espaços para estudos individuais e em grupo, espaço com terminais de consulta ao acervo, sala de Multimídia com seis terminais com acesso à internet e impressora e uma Videoteca. O Acervo que está todo informatizado por meio de base de dados e também via internet, pode ser consultado, 24 horas por dia, bastando acessar www.unicep.edu.br/biblioteca. O usuário tem livre acesso às estantes, franqueada a toda comunidade de São Carlos e região, sendo permitida a consulta de qualquer material do acervo nas salas de leitura e estudos. O empréstimo domiciliar é facultado mediante prévia solicitação. O acervo de livros possui os títulos listados nas Referências Básicas e Complementares dos Planos de Ensino das disciplinas do 1º ao 10º semestre do curso de Psicologia. O acervo de periódicos é formado por coleções de títulos científicos e de áreas correlatas. A biblioteca oferece o serviço COMUT (Comutação Bibliográfica) pelo site www.ibict.br, e para intercâmbio entre bibliotecas, o usuário pode consultar e solicitar na integra materiais disponíveis pelo site www.bireme.br, sendo que alunos e docentes podem acessar gratuitamente o portal de Periódicos CAPES.


INFRAESTRUTURA



Para operacionalização das atividades do curso de PSICOLOGIA foram disponibilizadas 05 salas de aulas, Laboratórios de Informática e Anatomia, uma Brinquedoteca, além de laboratórios específicos para o curso: Laboratório de Psicologia Experimental, Laboratório de Dinâmica de Grupo e Serviço Escola de Psicologia.


• Salas de Aula

O Campus II, Miguel Petroni, dispõe de 101 salas para atender a demanda de aulas teóricas dos diferentes cursos de graduação e de tecnologia ofertados pela instituição, além de todas as demais atividades de pós graduação e extensão. Todas as salas possuem uma boa acústica, ventilação natural e ventiladores industriais fixos com baixo nível de ruído para garantia de conforto térmico, lousas amplas quadriculadas, telas de retroprojeção retráteis fixas, e carteiras estofadas para assegurar excelentes condições de conforto. As salas de aula ocupadas pelo curso de Psicologia são bem dimensionadas e acomodam com conforto 60 alunos, que é o número de vagas autorizadas para o curso diurno e noturno. Todas as salas ocupadas pelo curso contam com aparelho Datashow fixo.


• Laboratórios de Informática

O curso de Psicologia utiliza os laboratórios 03 e 04, localizados no Bloco A5, por serem equipados respectivamente com 31 e 32 computadores conectados a internet.


• Laboratório de Anatomia

O Laboratório de Anatomia do Centro Universitário Central Paulista apresenta uma diversidade de materiais sintéticos e orgânicos para atender as demandas do curso de Psicologia e os demais cursos da área da saúde.


• Brinquedoteca

Equipada com materiais lúdicos diversos para uso em disciplinas e estágios oferecidos aos alunos dos cursos de Psicologia e Pedagogia.


CORPO DOCENTE



O corpo docente do curso de Psicologia é composto por 20 profissionais, sendo que 95% possuem titulação obtida em Programas de Pós-graduação stricto sensu e 5% titulação obtida em pós-graduação lato sensu.


2018 - Unicep São Carlos - Rua Miguel Petroni, 5111 - CEP: 13563-470 - Fone: (16) 3362-2111 | Whatsapp Vestibular: (16) 99608-3111