CENTRAL DE NOTÍCIAS


15/03/2017

Ética profissional foi tema no Curso de Medicina Veterinária



Na última segunda-feira (13), o curso de Medicina Veterinária da UNICEP recebeu o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo (CRMV-SP), Dr. Mario Eduardo Pulga, para ministrar uma aula magna sob o tema “A Ética profissional e o CRMV-SP”.

De acordo com Dr. Mario, a nova gestão do conselho tem a característica de sair da sede e procurar os alunos, as universidades, explicar sobre a importância do Conselho Regional. “Hoje, estamos aqui, para alertá-los sobre algumas oportunidades que acabamos esquecendo. Dentro da área de veterinária, somos conhecidos como doutores de cães e gatos, mas na realidade não somos apenas isso, temos que alertar os alunos para toda uma gama da área de atuação que a Medicina Veterinária apresenta e também mostrar que o conselho está próximo e que a ideia de conselho distante, longe da realidade dos alunos e veterinários já passou, hoje, fazemos uma gestão mais próxima para mostrar as dificuldades e as oportunidades, também”, contou.

Durante a aula magna, o presidente falou sobre as áreas de atuação, o desenvolvimento dessas áreas, oportunidades e debateu bastante a ética profissional. “São Carlos é uma cidade onde já tivemos um grande problema ético, que foi sério, já foi equacionado, mas São Carlos precisa entender a questão ética, que hoje o Brasil está precisando entender e exercitar”, afirmou Mario.

O conselho tem três grandes finalidades: orientar a classe, normatizar e fiscalizar a profissão. Também, serve como um órgão de consulta para os Governos Municipais, Estadual e Federal. “Trabalhamos bastante com o desenvolvimento da classe com seminários, simpósios, cursos, parcerias. Uma das grandes parcerias que fizemos e que dá muito certo é com o SEBRAE que ensina os estudantes a serem empreendedores. Quando eles se formam, viram empresários, pois são donos de uma empresa chamada clínica veterinária. Grande parte das clínicas fecham de 4 a 5 anos depois de montadas por falta de conhecimento e o SEBRAE ajuda a ter sucesso no empreendimento.”.

De acordo com Msc. Yves Miceli de Carvalho, docente do curso de Medicina Veterinária, a questão ética está em um momento crucial, “temos estudantes que estão quase saindo do curso que precisam entender como funciona essa questão ética, e temos estudantes ingressando, que precisam entender como acadêmicos do curso precisam ser éticos. Éticos com o colega, com o professor, com o uso do celular dentro da sala, como o Dr. Mario mencionou, e se ele for fazer um estágio com um veterinário que não tenha ética, ele irá seguir o exemplo desse veterinário. É importante que se dê uma atenção para os cuidados que eles devam ter na fase de estudante e depois de profissionais.”, finalizou o docente.






Newsletter UNICEP
Deixe seu email e receba nossas novidades »