CENTRAL DE NOTÍCIAS


09/05/2017

Vacinação Contra a Gripe será realizada na UNICEP, participe!



A UNICEP, em parceria com a Vigilância Epidemiológica através da Secretaria Municipal de Saúde de São Carlos, realizará a vacinação contra a gripe, no ambulatório de primeiros socorros de Enfermagem, das 17h15 às 19h, de segunda a sexta-feira.

Os docentes de Enfermagem, com apoio dos estudantes do curso, farão a administração das vacinas.

Quem pode se vacinar:

- Crianças de seis meses a menores de cinco anos: todas que receberam uma ou duas doses da vacina influenza sazonal em 2016, devem receber apenas uma dose em 2017. (Também deve ser considerado o esquema de duas doses para as crianças de seis meses a menores de nove anos de idade que serão vacinadas pela primeira vez, devendo-se agendar a segunda dose para 30 dias após a 1ª dose).

- Gestantes: todas em qualquer idade gestacional.

- Puérperas: todas as mulheres no período até 45 dias após o parto estão incluídas no grupo alvo de vacinação. Para isso, deverão apresentar documento que comprove a gestação (certidão de nascimento, cartão da gestante, documento do hospital onde ocorreu o parto, entre outros) durante o período de vacinação.

- Trabalhador de Saúde: dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade.

- Professores das redes pública e privada.

- Povos indígenas: a partir dos seis meses de idade. A programação de rotina é articulada entre o Programa Nacional de Imunizações (PNI) e a Secretaria de Atenção a Saúde Indígena (SESAI).

- Indivíduos com 60 anos ou mais de idade.

- Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas deverão receber a vacina influenza.

- População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional

- Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade, (conforme indicação do Ministério da Saúde em conjunto com sociedades científicas). A vacinação deste grupo deve ser realizada em todos os postos de vacinação. No entanto, mantém-se a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

A influenza (gripe) é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais e mundiais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas, por secreções respiratórias, pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

O período de incubação dos vírus influenza varia entre um e quatro dias. A maioria das pessoas infectadas recupera-se dentro de uma a duas semanas. Entretanto, nas crianças, gestantes, puérperas, idosos e pessoas com doenças crônicas, a infecção pelo vírus influenza pode levar às formas clinicamente graves como as infecções respiratórias agudas e pneumonias, podendo levar ao óbito. É importante esclarecer que as manifestações clínicas envolvendo o trato respiratório muitas vezes são causadas por outros tipos de vírus como o rinovírus (resfriado comum), o vírus sincicial respiratório, o adenovírus, entre outros.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que, anualmente, 5 a 15% da população mundial seja acometida pelo vírus influenza, inclusos 3 a 5 milhões de casos graves e 250.000 a 500.000 mortes.






Newsletter UNICEP
Deixe seu email e receba nossas novidades »