CENTRAL DE NOTÍCIAS


02/03/2018

Trote solidário: Participe da campanha de Doação de Sangue da UNICEP!



Na próxima terça-feira (06), das 18h30 às 21h, no Bloco A4 – sala 4, acontecerá mais uma campanha de Doação de Sangue da UNICEP para abastecer o estoque do Hemonúcleo Regional Jaú. Todos poderão doar, estudantes, docentes, colaboradores e público em geral. A campanha faz parte do trote solidário da UNICEP.

O Hemonúcleo atende aproximadamente, 350 mil habitantes, distribuídos em nove municípios e 11 hospitais, entre eles o Hospital Amaral Carvalho.

A doação é rápida: o voluntário passará por um teste de hematócrito (exame feito através de um furo na ponta do dedo), depois irá para o cadastro onde o voluntário deverá apresentar um documento oficial com foto, em seguida irá para a triagem (uma entrevista sigilosa) e então seguirá para coleta.

Para doar é preciso:
- Estar em boas condições de saúde;
- Ter entre 16 e 69 anos (menores, a partir dos 16 anos, poderão doar desde que estiverem acompanhados de um dos pais ou responsável legal; maiores de 65 anos, só poderão doar se já doaram antes dos 60 anos);
- Pesar mais de 50 kg;
- Estar descansado (ter dormido pelo menos seis horas, nas últimas 24 horas);
- Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa duas horas antes da doação);
- Portar documento oficial com foto (obrigatório);

O doador não pode:
- Estar utilizando determinados medicamentos (informe-se com a equipe do Hemonúcleo quais remédios impedem a doação);
- Ter tido hepatite, após os 10 anos de idade;
- Ter tido evidência clínica ou laboratorial de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue, como Hepatites B e C, AIDS (Vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
- Ter feito tatuagem ou colocado piercing nos últimos 12 meses;
- Estar resfriado ou com gripe (aguardar sete dias depois do desaparecimento dos sintomas);
- Estar grávida ou amamentando;
- Ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecedem a doação;
- Ter usado drogas ilícitas, injetáveis;
- Ter realizado parto normal (esperar 90 dias, após o parto) ou cesariana (esperar 180 dias, após o parto);
- Ter sido exposto a situações de maior risco para contração de doenças sexualmente transmissíveis (aguardar 12 meses);
- Ter viajado para os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins - locais com alto índice de malária (aguardar 12 meses).

Espalhe esperança! Doe sangue! Compartilhe vida!
Seja um universitário salva - vidas!






Newsletter UNICEP
Deixe seu email e receba nossas novidades »