CENTRAL DE NOTÍCIAS


21/06/2018

Espaço Criança atendeu 85 crianças na 13ª Corrida da UNICEP



O Espaço Criança cresceu e, nesta 13ª Corrida da UNICEP, atendeu 85 crianças de três a dez anos, 35 a mais do que a corrida do ano passado. Tudo isso, graças ao trabalho realizado pelos docentes e estudantes dos cursos de Pedagogia e Educação Física da UNICEP e dos patrocinadores: a Academia O2, Faber Castell e Espaço Gato e Sapato.

Neste ano, foram preparadas diferentes atividades físicas como skate e mini circuito de corrida e atividades lúdicas como pintura facial, oficina de bexiga, ginástica kids, pintura, desenho e muita brincadeira. As crianças ainda receberam frutas, água e um kit com guloseimas.

Uma das novidades, foi a presença do atleta mirim, o skatista de apenas cinco anos, Eike Martello, que fez diversas manobras em uma mini pista de skate e ensinou as crianças presentes. De acordo com o seu pai, Fabio Martello, a iniciativa do Espaço Criança foi uma das melhores que já participaram. “Uma equipe muito receptiva e treinada. As atividades e os monitores prenderam a atenção das crianças do começo ao fim e tudo isso com muita diversão. Nós gostamos muito da parte lúdica dos desenhos e pinturas e, mais ainda, da parte esportiva, como a ginástica kids, que, no meu ponto de vista, preencheu completamente as atividades, além do skate que deu o brilho e foi o up do evento”, disse Martello, afirmando que as crianças ficaram empolgadas e interessadas pelo esporte.

De acordo com um dos patrocinadores do projeto, Carlos da Academia O2, a principal importância do espaço é o pai poder fazer uma atividade física e ter um local pra deixar o seu filho. “Isso já é um grande diferencial, além do filho estar sendo bem orientado e participando de atividades físicas e pedagógicas em um ambiente saudável com esporte e música, que fazem parte do processo de educação da criança”, disse Carlos. Ele ainda explica que a academia contribuiu com a ginástica kids. “É uma modalidade que oferecemos dentro da nossa academia e levamos até lá. Uma atividade a base de ginástica olímpica, desafiadora e que dá autoconfiança para a criança. Ela conhece o próprio corpo, dando cambalhotas e estrelas. Além de fugir do cotidiano, as crianças também acabam se socializando”, finalizou.

Texto: Andrea Vergamini de Castro






Newsletter UNICEP
Deixe seu email e receba nossas novidades »