CENTRAL DE NOTÍCIAS


21/06/2018

Superação foi um dos temas vistos durante a 13ª corrida UNICEP!



A Corrida UNICEP, além de inspirar novos atletas a ingressarem nesse esporte, ainda incentiva corredores a se esforçarem para correr cada vez mais quilômetros. Esse é o caso de Lucas Guedes. Em 2017 o atleta amador participou da prova de 5 km, já em 2018 participou dos 15 km da 13ª Corrida UNICEP.

“Em 2017 eu corri os 5 km e de lá pra cá foram treinos e mais treinos em uma evolução constante. Mas pessoalmente, completar os 15 km faziam parte de um objetivo de superação, tentando chegar no maior percurso que eu poderia correr”, contou o atleta.

Antes da prova, que aconteceu no dia 10 de junho, Lucas tinha feito apenas uma vez o percurso de 15 km como treino. “Três semanas antes da prova eu acabei me lesionando com a sobrecarga dos treinamentos. Com isso, o que era para ser três semanas de treinamento, viraram semanas de recuperação para poder chegar apto a correr os 15 km. Precisei procurar profissionais como um Quiropraxista e um Personal Trainer para poder evoluir mais rapidamente com o tratamento, ganhando amplitude, alongamento e resistência para suportar a prova. Consegui fazer apenas um treinamento de 5 km, dias antes, e isso impactou diretamente no meu rendimento ao longo da prova.”, explicou o atleta que buscou a prova para se superar.

Para o atleta, o percurso é bem difícil, “a prova é muito bem organizada e conta com um trajeto bem puxado, com isso o desafio fica ainda maior e cansativo”.

“Chegar ao final foi exatamente, aquela superação pessoal da qual eu procurava. Por tudo o que havia acontecido nas semanas anteriores, muitas dores e complicações, onde achei por vários dias que não conseguiria correr e completar a prova. Mas por fim, tudo deu certo, o tempo final não foi dos melhores, mas a simples medalha teve um gostinho especial.”, comemorou e completou: “Um dos pontos mais importantes para mim, foi ter ao meu lado um grupo de corrida (Max Run) que me ajudou com muita força e me fez tirar energia de onde não tinha. Correr sozinho é bacana, mas participando de algum grupo que te dê apoio e suporte podemos ir mais além.”.

Texto: Ana Lívia Schiavone, Assessora de Imprensa UNICEP Fotos: P2F fotos esportivas






Newsletter UNICEP
Deixe seu email e receba nossas novidades »